Júri condena acusado de tentar matar homem que se recusou a pagar bebidas a grupo de amigos

Em sessão de julgamento realizada no Tribunal do Júri do Riacho Fundo, Lucas Gonçalves da Silva foi condenado a oito anos e três meses de prisão, por tentar matar um homem com golpes de faca em frente à residência da vítima. O réu deverá iniciar o cumprimento da pena em regime fechado.

De acordo com o processo, o crime ocorreu no dia 12 de julho de 2021, no Riacho Fundo II/DF. Na data dos fatos, Lucas estava acompanhado de dois adolescentes, quando abordou a vítima em uma padaria da região, e pediu que ele pagasse bebidas e cigarros para o grupo. A vítima atendeu ao pedido, contudo, no momento em que decidiu ir embora, o réu ficou insatisfeito, agrediu o homem com um tapa no rosto e só parou com as agressões em razão da intervenção de terceiros. Depois de ser agredido, o homem foi levado para casa pelo irmão da proprietária do estabelecimento. No entanto, Lucas o seguiu e, antes que a vítima entrasse em casa, passou a atingir diversos golpes de faca no ofendido.

Para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), o crime foi cometido por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa, “pois o réu surpreendeu a vítima enquanto ela entrava em casa, embriagada, desarmada e sem condições de antecipar-se à agressão”, segundo o promotor.

Lucas não poderá recorrer em liberdade, pois, de acordo com o Juiz Presidente do Júri, permanecem íntegros os fundamentos que levaram a sua custódia cautelar. O magistrado ainda lembrou que o réu tem outra condenação penal e falou que a necessidade de manutenção de sua prisão provisória é necessária para evitar a reiteração delitiva e, com isso, promover a garantia da ordem pública.

Acesse o PJe1 e confira o processo: 0705609-65.2021.8.07.0017

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJDFT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 2 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?