Notícias

Volkswagen anuncia exploração do mercado de carros voadores na China

Quem nunca imaginou um carro voador? A tecnologia de desenho animado pode estar mais próxima do que imaginávamos. A Volkswagen emitiu um comunicado nesta terça-feira (9) informando que está conduzindo na China um estudo sobre a viabilidade de fabricar carros voadores.

Segundo a empresa Morgan Stanley, essa futura indústria que vem sendo explorada não apenas pela montadora alemã pode render cerca de 1,5 trilhão de dólares até 2040.

Quem nunca imaginou um carro voador? A tecnologia de desenho animado pode estar mais próxima do que imaginávamos. A Volkswagen emitiu um comunicado nesta terça-feira (9) informando que está conduzindo na China um estudo sobre a viabilidade de fabricar carros voadores.

Segundo a empresa Morgan Stanley, essa futura indústria que vem sendo explorada não apenas pela montadora alemã pode render cerca de 1,5 trilhão de dólares até 2040.

Atualmente, a China é o maior mercado de automóveis do mundo e também é o país responsável pela maior parte das vendas da Volkswagen.

Quem nunca imaginou um carro voador? A tecnologia de desenho animado pode estar mais próxima do que imaginávamos. A Volkswagen emitiu um comunicado nesta terça-feira (9) informando que está conduzindo na China um estudo sobre a viabilidade de fabricar carros voadores.

Segundo a empresa Morgan Stanley, essa futura indústria que vem sendo explorada não apenas pela montadora alemã pode render cerca de 1,5 trilhão de dólares até 2040.

“Além da direção autônoma, o conceito de mobilidade vertical pode ser o próximo passo para levar nossa abordagem de mobilidade para o futuro, especialmente no mercado chinês”, declarou a marca que afirmou estar investigando conceitos e potenciais parceiros para identificar a possibilidade de industrializar a nova abordagem.

Atualmente, a China é o maior mercado de automóveis do mundo e também é o país responsável pela maior parte das vendas da Volkswagen.

A montadora alemã não é a única empresa visando o futuro mercado dos carros voadores. A americana Joby, a alemã Lilium e a Volocopter também possuem planos para indústria e contam com fortes patrocinadores, como Intel e Daimler.

Além dos carros voadores, Volkswagen almeja alcançar Google no desenvolvimento de software

A marca anunciou recentemente que quer desenvolver internamente boa parte do software que vai usar nos veículos autônomos da Audi.

Já há algum tempo a companhia decidiu deixar para trás a imagem de empresa que apenas escreve as especificações dos sistemas necessários para seus carros. A ideia é ter uma equipe capaz de criar software sob medida para os automóveis que produz.

Isso não quer dizer que a fabricante vai dispensar os parceiros imediatamente. Markus Duesmann, CEO da Audi e responsável por pesquisa e desenvolvimento no conselho de administração da Volkswagen, diz que a companhia pretende chegar ao mesmo nível do Google na atividade de criar programas. “Aceitamos o desafio”, reforça.

 

Fonte
olhardigital
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =

Botão Voltar ao topo