OAB-SP promove ato de repúdio contra juíza que mandou advogado estudar

A seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil vai promover na próxima segunda-feira (27/6) ato de repúdio no Fórum Criminal da Barra Funda, na cidade de São Paulo, contra a violação das prerrogativas profissionais do advogado Robson da Silva Dantas.

Segundo a OAB, o profissional teve o livre exercício da profissão violado e foi desrespeitado pela juíza Eva Lobo Chaib Dias Jorge, da 12ª Vara Criminal, em audiência que ocorreu no último dia  15.

O advogado registrou a audiência em vídeo e as imagens provocaram comoção na comunidade jurídica. Dantas teve a palavra cassada pela juíza, que afirmou que ela “manda na audiência”. Ao ser lembrada de que não existe diferença hierárquica entre advogados e magistrados, a juíza mandou o causídico “estudar para sentar aqui” e disse que “quem sabe artigo de lei de cor é preso”.

Em nota, a OAB-SP afirmou que pedirá a instauração de procedimento disciplinar para que sejam adotadas providências correcionais e aplicadas as sanções à juíza. A presidente da OAB-SP, Patricia Vanzolini, deverá estar presente no ato de segunda-feira.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 25 de junho de 2022, 9h53

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
conjur
Fonte
Por Rafa Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × 1 =

Botão Voltar ao topo