Codemca e FCJOL lançam documentário na 370ª Aniversário de São Salvador

O lançamento será feito através das redes sociais da Prefeitura. Também haverá uma exibição para os fiéis que acompanharem a programação neste sábado (06), na Praça São Salvador

A Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), em parceria com a Fundação Cultural Oswaldo Lima (FCJOL), lança neste sábado (06), documentário em homenagem ao 370º aniversário de São Salvador. Com o título “370 anos da festa de São Salvador: uma história de fé, tradição e identidade”, o documentário apresenta a construção da identidade do campista através da relação com o padroeiro. (leia mais abaixo)

O lançamento será feito através das redes sociais da Prefeitura. Também haverá uma exibição para os fiéis que acompanharem a programação neste sábado (06), na Praça São Salvador. (leia mais abaixo)

 

O presidente da Codemca, Afranio Júnior, falou sobre o que representa para a Companhia a produção do documentário. “Esse documentário é muito importante para nosso município, porque representa a nossa identidade e, além disso, solidifica o nosso pertencimento e as nossas raízes”, afirmou o presidente. (leia mais abaixo)

 

Participante do documentário, a historiadora e diretora do Arquivo Público Municipal, Rafaela Machado, destacou a importância do documentário. “Registrar a nossa tradicional festa do Santíssimo Salvador é registrar parte da história da nossa região. É falar sobre fé, mas também sobre história, cultura e tradição. Fico muito feliz em poder ajudar a contar a história que vem junto a esta celebração tão secular. Além disso, produzir esse material é trabalhar para estar mais perto e mais próxima ao público, levando até ele informação histórica de valor e que seja ontem ou hoje, faz parte da vida do campista. Esse documentário é parte dos esforços de levar até o campista a nossa história de uma forma dinâmica, leve e interessante”, destacou a historiadora. (leia mais abaixo)

Produtor do documentário, Wesley Rocha falou sobre a emoção de participar do projeto. “Como campista é uma honra produzir um documentário que conta a história da festa do Santíssimo Salvador, mostrando como ela é importante na construção da identidade campista. Com esse material, as próximas gerações irão entender e se conectar melhor com seu passado, mantendo a tradição da festa de São Salvador”, declarou.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
CAMPOS 24 HORAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − três =

Botão Voltar ao topo